16 de nov de 2014

Will&Will Um nome, um destino.

Boa noite povo lindo!

  Vamos falar um pouco de surpresas?
   Para quem ainda não conhece, John Green vem fazendo um excelente trabalho em surpreender-nos!
   A obra mais famosa dele é A culpa é das estrelas, com um filme já lançado em 2014 e dirigido por Josh Boone com participação de Shailene Woodley e Ansel Elgort, principais protagonistas do filme.
  Mas não é sobre A culpa é das estrelas em que pretendo falar pra vocês. Minha intensão vai um pouquinho mais longe.
  Como eu não conhecia bem o escritor, preferi uma obra um pouco mais sutil e trouxe para vocês Will & Will, um nome, um destino.
  

   Em Chicago, existe um Will Grayson hétero. Will tem um amigo gay Tiny Cooper e Jane uma menina que acaba atraindo a atenção de Will. 
   O outro Will Grayson gay não assumido, sofre de depressão por causa do abandono do pai e a inercia da mãe e a única coisa que lhe trás conforto é seu amigo Isaac, um amigo virtual da qual ele se apaixona. 
  Tiny tem um papel muito importante por que ele é o sorrio e  a força do livro, amigo para todas as horas mesmo quando tudo está para da errado. Tiny foi meu personagem preferido.
A história se passa entre esses três principais personagens e John consegue te prender até o final.
   

   Eu simplesmente amei o livro não só por que ele trás um cotidiano muito parecido com o nosso, nada de histórias viajadas demais apesar de serem os meus preferidos, e me fez sentir alegria e tristeza num mesmo ato e eu realmente me surpreendi.
   O final foi para mim a melhor (isso não é apenas clichê como realmente foi o melhor) não só porquê passou o verdadeiro motivo de amizade como ensinou que sorrir e enfrentar pode ser seus melhores argumentos na vida. Chorei muito no final.

Esses é um dos livros de John Green que eu aconselho a lerem!

Desafio

 Boa noite gente!

  Tava dando uma volta na Livraria Cultura e olha o que eu achei?
  Desafio é um livro muito intrigante que me chamou logo atenção pela capa, que tem uma menina de aparência forte e muito determinada. E adivinhem? Acertei direitinho!

   Imagine um mundo destruído, onde precisa-se morar em cidades-fortes com construções enormes para proteger-se do Maldito, um monstro com corpo de dragão sem asas que cospe fogo e destrói tudo em sua frente. Sua presença deu "origem", ou talvez trouxe seria uma palavra melhor, ao governo de um único governador.
   Sob a tirania desse Comandante misterioso encontra-se a cidade de Baalboden. Claro, se a história parasse por ai não teria graça não é?
   Porém como toda revolução precisa de um ponto de partida, Jared Adams, que vive ao comando desse severo comandante, é mandado em uma missão. Jared não é apenas importante para o governo como é pai de Rachel, uma garota de dezessete anos que não aceita facilmente ordens e é completamente rebelde e inconsequente. 
Passa-se semanas, e Jared não volta para casa.
  E então é ai que tudo começa.
  Enquanto todos acham que Jared está morto e o comandante o declara oficialmente morto, apenas Rachel acredita fielmente que seu pai ainda está vivo e que, além de precisar de sua ajuda esconde um segredo muito importante.


Sabe, apesar da história ser muito intrigantes, há furos na trama que me deixou um pouco triste. Não sei quando o próximo livro lançará, mas realmente espero que seja mais completo.

Leiam e digam o que acharam! :3

Atrás do espelho

  Boa tarde gente!

  Bem, dando continuidade ao meu poster anterior, terminei de ler Atrás do Espelho e garanto a vocês foi simplesmente fantástico!
  Para quem leu o primeiro livro da série, talvez tenham se sentido um pouco perdido com o triângulo amoroso que se desenrolou na história e com os vai e vem da trama.
  Particularmente, eu não me senti perdida e adorei as reviravoltas que o livro trás.


  Depois que conseguiu passar por todas as provas e conquistar a coroa, Alyssa volta ao mundo humano para ter, finalmente, uma vida relativamente normal. Por um ano ela vive tranquilamente como uma garota típica da sua idade, ansiando pela chegada de sua formatura e um futuro em Londres.
    Mas é claro que isso não durou muito. Morfeu não conseguiu entender o porquê que Alyssa largou suas responsabilidades como rainha do País das Maravilhas, e como sedutor e manipulador que ele é, não permitiu que Alyssa desprezasse o seu legado. Não foi apenas Morfeu que sofreu com a "rejeição", o País das Maravilhas não lidou bem com o abandono e, o quê acaba acontecendo é Alyssa dividida entre dois mundos:
  O mundo humano com Jeb, sua mãe e sua vida voltando ao normal.
  E a loucura inebriante do mundo de Morfeu. 
  Quando o reino delirante começa a invadir sua vida real , Alyssa precisa encontrar uma forma de manter o equilíbrio entre as duas dimensões ou perder tudo aquilo que mais ama.



  No primeiro livro O lado mais sombrio me deparei com uma leitura completamente diferente e inovadora, onde a autora com toda a certeza não poupou criatividade, e isso me deixou louca para ter em mãos Atrás do Espelho. E consegui! 
  Eu fiquei bastante impressionada em como, nessa história, Camila conseguiu prolongar toda a emoção para o final. Me deixou um pouquinho desapontada ver que toda a adrenalina e ansiedade expressa no primeiro livro ficou mais contida, mas isso não tirou a emoção do livro com certeza.
   Dessa vez, Morfeu é o ápice da história e sua personalidade e atitude comandam o livro. Ele deixa de lado mais ainda seus "escrúpulos" para conseguir o que quer. Ele vem mais apaixonante e magnético por que começa a expressar seus sentimentos por Alyssa, sentimentos esse mais humanos e sentimentalistas. Porém, no mesmo modo em que Morfeu aparece modificado, Jeb aparece de forma mais ousada e diferente do Jeb que conheci, e me mostrou que realmente luta para ter os sentimentos de Alyssa. 
  Outra personagem que começou aparecer mais foi Alison, mãe de Alyssa, que na minha opinião tornou-se controladora demais, mas com os seus segredos aparecendo agente acaba entendendo o porquê do controle. É imprevisível dizer quem sairá ganhando com o triângulo amoroso, a não ser Alyssa, claro. 
    Ensnared só lançará, nos U.S., em 2015, aqui poderemos esperar bem mais.





Espero que tenham gostado e leiam garanto que não se arrependerão!

O lado mais sombrio

    Andei lendo recentemente O lado mais sombrio e nossa!

    A história cativa quando Alyssa descobre ser herdeira de uma maldição originada de Alice Lidell e sai para tentar quebrar essa maldição. Bem, a editora Camila não exagerou no termo sombrio.
    Ela trouxe a famosa história de Alice no pais das Maravilhas com um toque um pouco "Tim Burton" e a mistura ficou extremamente perfeita!            
    Esqueça dos personagens bonitinhos da Walt Disney, pois no momento em que Alyssa entra na toca do coelho somos presenteados por imagens perturbadoras da história de Lewis Carroll.
    O que mais me encantou nesse maravilhoso conto, foram os três personagens principais: Alyssa, Jedebiah e Morfeu.
    Alyssa escuta plantas e insetos falarem, por enquanto ela consegue esconder as alucinações. Ela pensa que terminará onde sua mãe Alison está. No sanatório. Mas talvez ela não seja louca. E talvez as histórias de Carroll não sejam tão fantasiosas quanto possam parecer.      
    Jedebiah, ou Jeb, é um daqueles caras em que você sempre poderá contar, além de ter um ar de bad boy, ele esconde seus sentimentos. Amigo e leal a Alyssa, Jeb acaba embarcando na toca do coelho com ela e juntos passam por todo o desafio que os esperam.
     Morfeu é audacioso e irônico. Ele ensinou a Alyssa tudo o que ela deveria saber sobre o País das Maravilhas, para quebrar a maldição, pois quando ela era uma garotinha, ela o visitava todas as noites através do espelho, porém estas lembranças vão ficando mais claras no decorrer da história.



 Agora é com vocês e espero que gostem do livro!