16 de nov de 2014

Will&Will Um nome, um destino.

Boa noite povo lindo!

  Vamos falar um pouco de surpresas?
   Para quem ainda não conhece, John Green vem fazendo um excelente trabalho em surpreender-nos!
   A obra mais famosa dele é A culpa é das estrelas, com um filme já lançado em 2014 e dirigido por Josh Boone com participação de Shailene Woodley e Ansel Elgort, principais protagonistas do filme.
  Mas não é sobre A culpa é das estrelas em que pretendo falar pra vocês. Minha intensão vai um pouquinho mais longe.
  Como eu não conhecia bem o escritor, preferi uma obra um pouco mais sutil e trouxe para vocês Will & Will, um nome, um destino.
  

   Em Chicago, existe um Will Grayson hétero. Will tem um amigo gay Tiny Cooper e Jane uma menina que acaba atraindo a atenção de Will. 
   O outro Will Grayson gay não assumido, sofre de depressão por causa do abandono do pai e a inercia da mãe e a única coisa que lhe trás conforto é seu amigo Isaac, um amigo virtual da qual ele se apaixona. 
  Tiny tem um papel muito importante por que ele é o sorrio e  a força do livro, amigo para todas as horas mesmo quando tudo está para da errado. Tiny foi meu personagem preferido.
A história se passa entre esses três principais personagens e John consegue te prender até o final.
   

   Eu simplesmente amei o livro não só por que ele trás um cotidiano muito parecido com o nosso, nada de histórias viajadas demais apesar de serem os meus preferidos, e me fez sentir alegria e tristeza num mesmo ato e eu realmente me surpreendi.
   O final foi para mim a melhor (isso não é apenas clichê como realmente foi o melhor) não só porquê passou o verdadeiro motivo de amizade como ensinou que sorrir e enfrentar pode ser seus melhores argumentos na vida. Chorei muito no final.

Esses é um dos livros de John Green que eu aconselho a lerem!